Maria Terremota Primeira: Comandante em Chefe e Majestade Executiva da República de Terremota

Sob a organização de Gabriela Romeu, a Companhia das Letrinhas repete o cuidadoso trabalho das edições anteriores dessa Coleção Fora de Cena: além de informações sobre a história, o autor e o ilustrador, a organizadora inclui notas e sugestões para a montagem e um pequeno glossário irreverente.

A história transcorre em um único espaço, numa casa onde vivem tio Bigode – homem de “vários anos”, o gato Platão e Maria, de 7 anos – a Terremota que dá título ao texto. Como diz Gabriela Romeu, a protagonista lembra outras personagens da literatura, provavelmente conhecidas do público infantil, como Mafalda, Emília e Pipi Meialonga: é muito inventiva, destemida, questionadora, irônica, inteligente e madura, em alguns aspectos, para a sua idade. É dona de si, quer o mundo a seus pés! Não é à toa que se autoproclama Maria Terremota Primeira, Comandante em Chefe e Majestade Executiva da República de Terremota, reino onde só ela reina, segundo suas regras. Nesse sentido, a epígrafe “Muitos odeiam a tirania apenas para que possam estabelecer a sua”, de Platão (o filósofo, não o gato), reporta para as delicadas relações de poder, nesse texto, entre adultos e crianças. Por meio dessas três personagens, o texto fala também das novas configurações familiares. E a família de Maria se apresenta ainda menos convencional ao sugerir, de forma delicada, uma relação homoafetiva do tio. Em outras palavras, é um texto que trabalha com questões importantes deste nosso tempo.

Quanto à sua estrutura, o texto se constitui em torno de oito cenas, cujos títulos chamam a atenção pelo aspecto lúdico e diálogo com textos da tradição, como A República, de Platão, Reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato e Admirável Mundo Novo, de Huxley. Embora simples e acessível ao público ao qual se destina, não é menos elaborado, no entanto. Terremota é um texto que não simplifica as questões abordadas; é crítico e lúdico ao mesmo tempo, respeita a capacidade intelectual da criança e a incentiva para o jogo da dramatização.  terramota

 

Terremota

Marcelo Romagnoli.

Organização de Gabriela Romeu

Ilustrações Raul Aguiar

Companhia das Letrinhas 2016

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s