Esse pássaro chamado palavra

           por Candice Guzman

           Antes de pousarem na brancura do papel as palavras já voavam por aí, pairando de quando em quando no imaginário dos ouvintes. Com o passar do tempo, algumas voaram para muito longe, caindo no esquecimento. Outras fizeram pouso em ninhos muito delicados: os ninhos da memória e da escritura. Destes ninhos voam as palavras com suas plumas de prosa e de verso em busca de ouvidos atentos e curiosos, prontos para acolherem toda sorte de cantos que viajam através da voz e do tempo com estes sábios pássaros.

            Pensando nessas palavras que nascem primordialmente com a intenção de serem vocalizadas, a escritora, tradutora e consultora literária Maria Viana organizou o livro Asa da Palavra: Literatura Oral em Verso em Prosa. Com a contribuição de oito folcloristas provindos das cinco regiões do Brasil, da musicista Laura Campanér e da ilustradora Vânia Medeiros, Maria Viana reuniu onze textos que são representativos da Literatura Oral no Brasil. Os gêneros presentes neste livro variam: romance, xácara, solfa, ABC, quadra, fábula, conto de encantamento, facécia e lenda. Estes foram recolhidos de norte a sul por Francisco Augusto Pereira da Costa (PE), Sílvio Romero (SE), Carlos Alberto Miller (RS), Antônio Americano do Brasil (GO), João da Silva Campos (BA), Amadeu Amaral (SP), Frederico José de Santa-Anna Nery (PA) e Amílcar Armando Botelho de Magalhães, todos já falecidos. A instrumentista, compositora e cantora Laura Campanér é a responsável pela transcriação e adaptação dos textos recolhidos da tradição oral, que foram registrados em CD com o propósito de integrar o ciclo da tradição oral.

            Em tempos em que tanto a figura do narrador como a do ouvinte desaparecem no movimento vertiginoso das redes sociais e entre a difusão cada vez mais rápida de informação, obras como o livro Asa da Palavra motivam a presença da voz viva, quer dizer, a voz “em sua qualidade de emanação do corpo  e que, sonoramente, o representa de forma plena” (ZUMTHOR, 2014, p.31). O livro pode ser lido simplesmente. Os textos em suas variadas formas podem ser escutados na voz de Laura Campanér. Além disso, as palavras que pousam nesses versos vindos dos quatro cantos do Brasil lançam convite ao corpo para que através dele assumam sua ancestral feição de pássaro e sigam viajando através do tempo e do espaço. No que tange à percepção do literário, nosso corpo tem papel importante. Em harmonia com Zumthor (2014, p.27), é através dele que reagimos ao nos encontrarmos com os textos que apreciamos. É ele, o corpo, que sentimos na experiência que temos com o texto.

            Desejo que você, cara leitora e caro leitor, encontre o livro Asa da Palavra: Literatura Oral em Verso e Prosa em alguma estante de biblioteca ou livraria perto de você e que ao abri-lo voem alto todos os pássaros que dentro dele estão.

asa da palavra

    Asa da Palavra: Literatura Oral em Verso e Prosa

Organização, texto de apoio e notas de Maria Viana

Ilustrações de Vânia Medeiros

Ed. Melhoramentos, São Paulo, 2016

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s