Destino sombrio

40682_g

O romance de Luís Dill, publicado pela Companhia das Letras (Seguinte),surpreende pela carga de suspense com que mantém o leitor preso à narrativa que vai, muito aos poucos, revelando uma história dura, cruel e trágica. Os personagens são jovens, menores de idade e inexperientes, arrogantemente audaciosos. O protagonista, Gildo, posto à prova, revela sua fragilidade, os medos e a angústia causada pela tomada de consciência. A maturidade chega tarde demais: seu futuro é realmente sombrio, pois não pode escapar das conseqüências de um ato intempestivo.
O autor domina a arte de narrar, e o recurso empregado, o de mesclar três tempos – presente, passado e futuro – que se alternam, é perfeito para desenvolver e revelar pouco a pouco a trama. Em nenhum momento a tensão cai, sustentada também pelos cortes rápidos e pela linguagem enxuta.
Literatura destinada a jovens leitores, o projeto gráfico não acompanha a qualidade e densidade do texto literário, remetendo o produto livro aos cadernos escolares infantis, com rabiscos, colagens, desenhos, trechos destacados com cores vibrantes. Recursos dispensáveis diante da força e beleza da econômica página final.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s